terça-feira, 19 de julho de 2011

Conversando um pouco mais sobre o Conselho Escolar

             



     O Conselho Escolar é construído coletivamente de acordo com a organização político-pedagógica da escola e modelo de sociedade que se deseja constituir superando a centralidade do poder instituído na unidade. A implementação deste permite que diferentes setores sociais contribuam e participem da gestão escolar de forma democrática e institucionalizada, priorizando a dimensão participativa de co-gestão, administração colegiada, democracia participante e autogestão. A co-gestão busca equilíbrio de poder e participação comunitária nas decisões do processo educativo. Essa administração colegiada é o princípio da democracia participante porque seus membros elegem delegados para representarem seus interesses. O processo democrático de autogestão permite que aos cidadãos a administração direta da instituição. Nesse sentido, são necessários meios, ações e condições favoráveis para se repensar a cultura escolar e local, e ainda os processos de distribuição interior de poder. Isso significa reconhecer que na escola todos têm contribuições e saberes para compartilhar e que os processos realizados nos espaços da escola são vivências formativas e cidadãs. O Conselho é o sítio de discussões das questões educativas e seus desdobramentos no Projeto Político da escola efetuando funções deliberativas decidindo sobre a organização, ações e funcionamento escolar nas áreas pedagógica, administrativa e financeira; função consultiva de assessoramento aos diversos segmentos escolares; função fiscal de avaliação das ações e função mobilizadora, promovendo a participação integrada da comunidade escolar na melhoria da qualidade da educação. Dentro das atribuições do Conselho, está a elaboração do regimento interno definindo o seu funcionamento e também a elaboração do Projeto Político-Pedagógico Escolar. O Conselho deve garantir a participação comunitária valorizando a cultura local, acompanhando a evolução dos indicadores educacionais e propondo intervenções que visem à melhoria do ensino. Para tanto, é imprescindível um plano de formação continuada dos conselhos já que são constituídos por toda a comunidade escolar e eleitos pelos segmentos que estes representam.


2 comentários:

  1. Este seu texto resume, em poucas palavras, o que se precisa entender por Conselho Escolar.
    Perfeito!

    ResponderExcluir
  2. Valeu Ana Cláudia. Estamos aí na luta por uma educação de qualidade e igualitária. Felicidades.

    ResponderExcluir