domingo, 26 de setembro de 2010

Festa


Depois de uma noite inteira de festa e muita  bebida...vem a ressaca. Não tem jeito. E  com ela todos  os desagradáveis sintomas como dor de cabeça, mal-estar, azia, ânsia de vômito, fraqueza e em muitos casos até diarréia. Uma prática comum  entre nossos amigos, inclusive minha, é a automedicação com Omeprazol. Digo, era inclusive minha, depois de assistir a um seminário do curso de Farmácia da Faculdade sobre esse medicamento. A mucosa do estômago fica irritada com o etanol, desregulando a digestão e aumentando a produção de ácido gástrico no órgão. Deixando a pessoa com sensação de enjôo e mal-estar.O omeprazol é um inibidor da secreção ácida gástrica, cujo mecanismo de ação envolve a inibição específica da bomba de ácido gástrico na célula parietal. Age rapidamente e produz um controle reversível da secreção de ácido gástrico. Todavia, a indicação do medicamento é para: tratamento da úlcera gástrica e duodenal; tratamento de esofagite de refluxo; tratamento de manutenção para prevenção de recidiva em pacientes com úlcera duodenal, pacientes pouco responsivos com úlcera gástrica e tratamento de manutenção para pacientes com esofagite de refluxo cicatrizada; tratamento de pacientes que apresentam risco de aspiração de conteúdo gástrico durante anestesia geral (profilaxia de aspiração ácida). Portanto não deve ser tomado para ressaca pois causa tontura, parestesia, sonolência, insônia e vertigem. Em casos isolados ocorreram confusão mental reversível, agitação, depressão e alucinações.Descansar e ingerir bastante líquido, principalmente sucos, é uma boa forma de acabar com a ressaca. A dica é um suco de maçã que tem ação benéfica e protetora em toda a mucosa gástrica, regula o sistema nervoso e previne a fadiga mental.

Nenhum comentário:

Postar um comentário