terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

DIVERSIDADE CULTURAL



O conceito de diversidade cultural está intrinsecamente ligado à idéia de  pluralidade e globalidade social, associado ao modernismo com vistas ao estilismo histórico ora vigente. Parece ser tão complexo como a descrição aureliana dessas palavras, onde o substantivo diversidade se confunde em divergência e multiplicidade. A natureza daquilo que parece ser cultural, nas múltiplas facetas da definição de Cultura, enaltece mais ainda os diferentes aspectos dessa terminologia em diversas ciências humanas. É bem verdade que o Brasil constitui um verdadeiro laboratório para estudo de diversidade cultural, pelas manifestações culturais que assinalam a sua identidade construída em cada momento e época de experiência dessas diversidades na história. O isolamento geográfico gerou espontaneamente os diferentes tipos de vivência de grupos humanos nos quatro cantos desse país, influenciados diretamente pelos aspectos físicos e biológicos, e que traçaram as nuances da evolução da sociedade brasileira.
        A cultura explicita essa complexidade de conhecimentos, crenças, artes, costumes e hábitos, transmitidos através de gerações e luta contra certos modernismos para preservar sua existência e variedade de idéias e elementos vivenciais que são singulares á cultura brasileira e foram cruciais na organização da nossa sociedade. Não dá para representar o Brasil numa simbologia unitária, uma crença, uma dança, uma comida ou uma feição, se o legado cultural brasileiro é uma verdadeira mistura de etnias. O desafio hoje é manter viva essa fonte de riqueza material e imaterial que forma a diversidade do Brasil, sobretudo na luta da valorização e afirmação de identidades minoritárias como negros, índios, ribeirinhas, ciganos, interioranos e tantos outros, e ainda o fortalecimento dos movimentos culturais e da transversalidade que permeia o atual cenário cultural que vivenciamos. Não precisamos enterrar o passado para vivermos o presente e nem tão pouco pensarmos num futuro esquecido de tudo que sonhamos e construímos até o dia anterior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário